A palavra crítica deriva do grego: kritikē (κριτική) e significa “ a arte de discernir”.  O seu portador deve ser capaz de discernir o valor das pessoas, coisas e conceitos e formular um juízo de valor. De todas estas possibilidades advém a sua grande atividade que é julgar; através do julgamento ele constrói a sua crítica. O objecto de estudo da crítica de arte é o mecanismo de juízo perante as obras.

Um crítico não existe para explicar um trabalho de arte, mas sim para dar uma opinião em cima das teorias que estudou e de posições que valoriza. A crítica lida também com o conceito de imparcialidade, que significa não defender um lado ou outro de um determinado assunto. Se os seus argumentos defendem posicionamentos políticos ou editoriais, é uma questão de escolha pessoal ou, ainda, de ética profissional.

CONFIRA UM COMPILADO COM ALGUMAS AVALIAÇÕES DE CRÍTICOS DE ARTE

Posts recomendados

Seja o primeiro a comentar, abaixo!


Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *